17/08/2020
Café faz bem?



Quem resiste a um café? E não deveria mesmo, a cafeína é um potente estimulante, melhora o humor, o raciocínio e fornece energia suficiente para servir como um potente pré-treino. Além de um ótimo anti-oxidante, estudos tem sugerido benefícios contra o Parkinson e diabetes tipo 2.

A cafeína é rapidamente absorvida pelo corpo, com efeitos estimulatórios em 15 a 30 minutos. Seu efeito perdura por aproximadamente 4 horas (variando de 2 a 8 horas conforme seu peso, medicações e estado clínico), quando 50% da cafeína passa a ser eliminada (meia vida).

Em geral, doses de cafeína de 200 a 400 mg são muito bem aceitáveis. O café americano tem aproximadamente 30 a 50 mg de cafeína. Um expresso de 50 a 70 mg. O coado tem cerca de 40 a 50 mg. Uma xicara de chá tem menos, cerca de 20 mg.

Mas por ser um estimulante, algumas pessoas devem ter seu consumo restringido. Dormir bem é fundamental. Quem sofre de insônia deve ter seu uso suspenso pelo menos 4 horas antes de dormir. Tomar café e depois precisar de Rivotril para dormir não faz o menor sentido.

Pacientes com pressão alta, palpitação e doenças cardíacas precisam avaliar a segurança do uso e a quantidade. Suspender por completo é algo extremamente improvável, mas o abuso pode causar arritmias e aumentar a pressão.

Açúcar demais é uma preocupação, mas dificilmente o açúcar do café será o problema. O problema é você achar que aquele Frapuccino lindo do Starbucks com 800 calorias é café.

Ou seja, 3 a 5 cafezinhos podem fazer parte de uma vida saudável. E me convide na próxima vez!

Ou seja, 3 a 5 cafezinhos podem fazer parte de uma vida saudável. E me convide na próxima vez!



COMPARTILHE:
Av. Jorge Cury, 550 - Bloco A - Sala 224
Barra da Tijuca – Rio de Janeiro - RJ

clinica.drbassan@gmail.com

AGENDAMENTO DE CONSULTAS
(21) 97190-0203
(21) 3186-2713

Instagram
Facebook
Copyright © 2020 Direitos Reservados. Desenvolvido por FelipeAlves.com